WhatsApp
Agendamento
icone-relogio

Segunda a Sexta - 08h - 20h

Sábado - 08h - 12h

icone-telefone_1

Central de Atendimento

(34) 3331-6100

icone-agenda_1

Presbiopia

presbiopia - Oftalmocentro

Se você tem mais de 40 anos, pode começar a sentir que precisa de dois braços mais compridos para ler perfeitamente um menu ou o jornal. Se assim for, bem-vindo ao mundo da presbiopia.

Em resumo, a presbiopia é um problema ocular que afeta todas as pessoas entre os 40 e os 45 anos de idade. Nesse momento, os objetos próximos começam a parecer desfocados.

Para ver perfeitamente um livro que está tentando ler, poderá ter de e-s-t-i-c-a-r os braços para mais longe dos olhos. É evidente que você só consegue esticar os braços até certo ponto.

Portanto, o que você pode fazer para corrigir a presbiopia? Continue lendo!

Vamos definir melhor a presbiopia

Tal como dissemos, a presbiopia afeta todos nós — 100% — em certa idade.

É comum e felizmente fácil de corrigir. Mas provavelmente você está pensando O que faz com que a presbiopia apareça por volta dos 45 anos. Eis a resposta.

Dentro dos nossos olhos, imediatamente abaixo da íris, se assenta o cristalino. Ajuda a refratar, ou curvar, a luz nos nossos olhos e a passá-la para a retina. Quase é possível pensar nele como a lente de uma câmara que se ajusta para focar. À medida que envelhecemos, o cristalino perde a sua elasticidade, piorando até chegarmos aos 60 e poucos anos. Isto impede os seus olhos de focarem tão bem como faziam quando era mais novo.

Agora você poderá estar pensando se existem alguns exercícios oculares para a presbiopia que possa fazer para impedir que isto aconteça.

Infelizmente, não.

Mas há algumas medidas que você pode tomar para corrigir o problema uma vez que ocorra.

Como corrigir a presbiopia

Se você ou alguém da sua família está com problemas como os sintomas de presbiopia — visão desfocada talvez ou dificuldade em focar objetos próximos — consulte o seu oftalmologista.

Lembre-se que a menos que a pessoa em questão tenha mais de 40 anos, ela não tem presbiopia. Pode ser hipermetropia ou “dificuldade em ver de perto” ou “ver mal de perto”, como a maioria de nós diria. Os sintomas podem parecer semelhantes, mas o problema é diferente. (Leia mais sobre hipermetropia.) O astigmatismo pode também ser uma possibilidade.

Depois de saber com certeza que você tem presbiopia, é momento de explorar as suas opções para corrigi-la.

Óculos para presbiopia

Em função do seu problema, você poderá ter de usar óculos só para ler. Por este motivo, muitas pessoas referem-se a este tipo de óculos como “óculos de leitura”. Mas o que acontece se não quiser tirá-los do bolso e usá-los em público? Pode também considerar…

Lentes de contato para presbiopia

Cirurgia para presbiopia

Existem também opções cirúrgicas que pode considerar para corrigir o problema. O LASIK ou CK (Queratoplastia Condutiva) pode criar uma solução em monovisão para a presbiopia. Essencialmente, isto dá-lhe um olho para focar objetos de longe e o outro olho para tudo o que está perto.

Parece estranho? Na realidade não é.

Voltando à nossa analogia da câmara, é um pouco como usar duas lentes — uma teleobjetiva para longe e uma lente macro para os pequenos objetos de perto. Existem também lentes de contato para monovisão para presbiopia que fazem a mesma coisa.

Não se deixe abalar pelos problemas de presbiopia. Acontece a todos nós e, tal como exploramos, existem várias opções para corrigia-la. Se você tem mais de 40 anos e está pensando se tem presbiopia, marque uma consulta com o seu oftalmologista agora.

O problema só vai se agravar e não há nenhuma razão para aguentar as dores de cabeça e as dificuldades que podem acompanhar a visão desfocada. Tome as medidas para ver claramente o seu mundo hoje.